Reforma ortográfica nas mãos de um analfabeto

A notícia é da Folha Online (na íntegra aqui):

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assina nesta segunda-feira (29) o decreto estabelecendo o cronograma de implantação do Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa no país. O decreto prevê a padronização ortográfica entre os países da língua portuguesa na sede da ABL (Academia Brasileira de Letras), no Rio. A escolha da data acontece em homenagem ao escritor Machado de Assis. Nesta segunda a morte do escritor completa 100 anos.

A reforma ortográfica vem sendo discutida desde 1990 pelos países que integram a CPLP (Comunidade de Países de Língua Portuguesa): Brasil, Portugal, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe, Angola, Moçambique, Guiné-Bissau e Timor-Leste.

O Brasil será o primeiro país a implementar as regras oficialmente. As mudanças serão feitas de forma paulatina a partir de 1º de janeiro de 2009, com um prazo de conclusão até o início de 2013. O decreto determina que nos quatro anos de transição sejam aceitas as duas formas.

As mudanças devem atingir aproximadamente 0,5% das palavras adotadas no Brasil. Nos demais países as alterações podem alcançar 1,6%. As mudanças mais significativas estão relacionadas à acentuação de palavras, incluindo a extinção do trema.

A assinatura do decreto contará com a participação dos embaixadores de Portugal, Moçambique e Angola. Também participam da solenidade os ministros Fernando Haddad (Educação), Juca Ferreira (Cultura) e o governador do Rio, Sérgio Cabral.

Algumas dúvidas que me ocorreram:

1) Se a reforma da Língua Portuguesa está há tanto tempo sendo adiada, por que diabos será assinada justamente pelo primeiro Presidente da República que enaltece seu analfabetismo em todas as oportunidades ?

2) Será o Lulla entendeu o que ele está assinando ? Ok, essa pergunta é retórica, claro….

3) Quanto será que o PT está ganhando com essa manobra ? Ok, ok….a princípio não há, ainda, nenhuma denúncia neste sentido. Mas…..porra, é o PT !!!!!! Claro que está ganhando algum mensalinho ! Será que a reforma ortográfica é mais cara do que a reforma da previdência ? Quanto será que os mensaleiros estão dando de desconto no preço de tabela atualmente ?????

Congreço

É impossível resistir a esta notícia da Folha On-Line:

Um único carimbo fabricado com pouco zelo em relação à língua portuguesa fez com que milhares de documentos oficiais da Câmara e do Senado trouxessem um “Congreço Nacional” estampado nos cantos inferiores de suas páginas. O tropeço vocabular está grafado em documentos como medidas provisórias enviadas pelo Executivo. O carimbo, fabricado em meados de agosto, está em documentos com datas até cerca de três semanas atrás, quando finalmente alguém descobriu o erro. Segundo a Secretaria Geral do Senado, um funcionário da Secretaria de Coordenação do Congresso –que não teve o nome divulgado– encomendou por conta própria o carimbo, já que o que usava estaria desgastado. Ainda segundo a secretaria, funcionários do Senado passaram desde então a anular manualmente o “Congreço” e a carimbar “Congresso Nacional” ao lado.

Congreço

Fiquei com a seguinte dúvida: em meio ao aparelhamento do Estado que o PT vem praticando, com farta distribuição de cargos aos companheiros (sindicalistas, intelectuais de merda, amigos, apadrinhados, e demais asseclas), será que o tal funcionário do “Congreço” tem algum parentesco com o Presidente Lulla ?

É isso que dá fazer apologia à “iguinorânsia”….

E essa saiu na coluna do José Simão (sempre impagável!): Socorro! Brasília Urgente! Tão roubando até os esses. Olha o carimbo do Congresso: “CONGREÇO NACIONAL”! Foi o Seu Creysson que mandou fazer o carimbo? O Congreço é um suceço! Tô paçado! O Congreço tá falando lulês. Desaprenda português no Congreço! Rarará! Assaltaram a gramática. Ops, açaltaram tudo! Herrar é umano. Haja çaúde! Reforma hortográfica. É problema de QI: Quanta Ignorância. Rarará!