JOSÉ DIRCEU: mentir e deturpar fatos é um hobby !

José Dirceu é, sem dúvida, em escroque da pior espécie.

Estava, há pouco, vasculhando alguns blogs e sites, para verificar a repercussão da entrevista do ex-Primeiro Ministro lullista. Acabei, é claro, chegando ao blog do próprio ex-Primeiro Ministro. Li alguns posts, e acabei chegando a alguns que por pouco não me fazem vomitar – mas decerto ajudam a reforçar a ojeriza que nutro por aquele bandido.

No dia 19/12/2007, ao final de um post, o ex-Primeiro Ministro cassado conclui, ao mencionar a cobertura feita pela Folha de São Paulo para dados econômicos mundiais (que merecem um post exclusivo), que Se os fatos não coincidem com a opinião e a vontade dos editores, pior para os fatos. Entende-se, pois, que o ilustríssimo ex-Primeiro Ministro classifica a Folha de São Paulo como um jornal que distorce os fatos para conseguir, afinal, fazer valer a opinião dos editores.

Exatamente o mesmo procedimento adotado pelo bandido José Dirceu !!!!!

No mesmo dia 19/12/2007, o ilustríssimo ex-Primeiro Ministro cassado respalda-se em matérias da mesma Folha de São Paulo para criticar a postura do governador tucano José Serra em relação a um caso de tortura policial ocorrida em Bauru.

Ora, se a Folha de São Paulo é um jornal que, segundo José Dirceu, distorce fatos para fazer prevalecer a opinião dos editores, por que cargas d´água ele usa a mesmíssima Folha de São Paulo para criticar o tucano ????

Será que não haveria uma fonte mais confiável (e menos “golpista”) para que o digníssimo ex-Primeiro Ministro utilizasse ?

Em tempo: a própria Folha de São Paulo corrigiu as matérias que afirmavam que o governador não fizera comentários sobre o caso de tortura. Isso, obviamente, o ex-Primeiro Ministro não registrou…….

Claro !!!!!!!!

Todo PTista, naturalmente, critica os jornais e revistas quando eles falam mal do PT. Mas quando o “alvo” das críticas é um dos inimigos do PT, aí é plausível recorrer ao mesmo jornal ou revista para criticar também……

O que me remete à (Revista) Veja e o caso Fernando Collor de Mello: lá no blog do PTralha Dirceu, em diversos posts a revista é chamada de golpista. Mas anos atrás, quando a Veja engrossou o coro que ajudou a derrubar Collor, o PT (José Dirceu incluso) cansou de citar as matérias da Revista para embasar acusações e gritarias……

CONVENIÊNCIA E HIPOCRISIA. SÓ.

Em tempo: é divertido ler as bobagens escritas AQUI. Decerto de autoria de um socialista-ameba de terceira categoria, demonstra a imbecilidade de sempre atribuir tudo de ruim “à zelite”….. Mas é engraçado ler a deferência do autor ao Rei Mulla…… Quem lê aquilo pode acabar achando que Rei Mulla é de um brilhantismo intelectual ímpar – o que, convenhamos, é uma boa inspiração para alguma pegadinha de primeiro de abril……

Para compensar, vale a leitura AQUI.

E, para rir da incoerência que marca a cambada PTista, um artigo assinado pelo ex-Primeiro Ministro que consegue usar benéfices do capitalismo para, pretensamente, exaltar um comunista histórico, AQUI. Diversão pura !!!!!

ZELITE

Rei Lulla, do alto de sua incomensurável “iguinorança” e incomPTência, continua criticando a “zelite”. Pode ser a “zelite” do Brasil, ou apenas a paulista:

Em comício no qual se comparou aos presidente Getúlio Vargas, João Goulart e Juscelino Kubitschek, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva acusou ontem à noite uma “pequena parte da elite paulista” de odiar o restante do País, em especial o Nordeste. Citando a Petrobras, Lula voltou a afirmar que as privatizações são parte do projeto do PSDB. E, sem mencionar o senador Cristovam Buarque, encampou uma das propostas do candidato pedetista, seu adversário no primeiro turno. Lula prometeu criar um piso nacional para o salário dos professores do ensino fundamental. Ao atacar a “elite paulista”, Lula mencionou um discurso do vereador Agnaldo Timóteo, que defendeu o presidente. “Eu vi um dos discursos mais extraordinários que uma pessoa pode fazer em defesa do outro, que foi o que o nosso querido Agnaldo fez me defendendo na Câmara e deixando claro o ódio que uma pequena parte da elite paulista tem do restante do Brasil e, sobretudo, do nordeste brasileiro”, disse Lula, diante de um público estimado em dez mil pessoas, na Cinelândia, Centro do Rio (FONTE: Jornal Tribuna da Imprensa, de 18 de Outubro de 2006, disponível aqui).

Um Presidente da República que não se cansa de criticar a “elite” é ruim. Mas um Presidente da República que joga toda a culpa de sua incomPTência na elite, é desgraça demais.ELITE é um termo que indica os melhores. A “tropa de elite” é composta pelos melhores soldados. A “elite intelectual” é composta pelas pessoas mais brilhantes de uma sociedade. E por aí vai.

Como sempre, Rei Lulla e seus asseclas PTistas nivelam por baixo, imaginando que todos têm que ser, obrigatoriamente, tão tapados e inePTos como eles próprios. Cada povo tem o Presidente que merece………