Rush e Heart finalmente no Rock & Roll Hall of Fame

E duas das minhas bandas favoritas FINALMENTE entraram para o Rock and Roll Hall of Fame nesta quinta-feira.

Rush drummer Neal Peart said the honor was especially important to fans of the Canadian rockers. “It reflected back on them,” he said. “We’ve always said it’s not something that meant a lot to us, but we knew our fans cared so much to be validated like that — that their favorite band, like their favorite sports team, should be celebrated as champions.”

Heart’s Nancy Wilson said she “felt like [she] got into the cool ball team,” adding that many artists already in the Hall were some of Heart’s biggest influences. Heart was also acknowledged by Public Enemy’s Chuck D, who compared the Wilson sisters’ breaking of barriers to that of his own band. “Heart persevered and just broke through a mould and it’s the same thing with us in our genre,” he said. Other inductees included Quincy Jones, Randy Newman, Donna Summer and blues great Albert King. “Albert King is why guitar-face was invented,” said John Mayer.

Fonte: AQUI.

No primeiro vídeo, as irmãs Ann e Nancy Wilson se apresentam na cerimônia em que foram oficialmente aclamadas no Rock and Roll Hall of Fame, junto com Jerry Cantrell, Chris Cornell, Mike McCready e demais membros da atual formação do Heart (a música é um dos grandes sucessos do Heart, “Barracuda”).

No segundo vídeo, uma das minhas (várias) músicas favoritas do Heart, “Alone”, em versão acústica, num show de 2003 em São Francisco.

No terceiro vídeo, uma homenagem que as irmãs Wilson fizeram ao Led Zeppelin em 2012 (recomendo, aliás, que esta versão seja comprada na iTunes, pois é a única coisa que prestou desta homenagem, que contou com figuras como Lenny Kravitz e Foo Fighter mostrando que não têm talento para nada, muito menos para honrar clássicos do Rock – tirando a versão do Heart de Stairway to Heaven, o resto foi um horror incomensurável).
No quarto vídeo, uma versão de Stairway to Heaven mais antiga, feita pelo Heart em 2008. 
Um adendo: coloquei as duas versões da mesma música em sequência porque na minha humilde opinião de devoto do São Led Zeppelin, o Heart é uma das pouquíssimas (talvez a única, na verdade) capazes de fazer um “cover” do Led Zeppelin sem copiar a música original ou sem destrui-la completamente.
Quem quiser pode procurar no YouTube covers antigas (décadas de 1970, 1980) de músicas como “Rock and Roll”, “Kashmir” ou “Hot Dog” e comprovar a qualidade destas versões.


Como se não bastasse, o Heart foi uma banda pioneira no mundo do rock and roll mais “pesado” tendo mulheres como âncoras da banda (ao lado de Joan Jett, registre-se).

Uma banda que sempre teve pegada, muito talento e a voz incrível da Ann Wilson.






Comentários

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s