Segundo o DataFolha, 70% dos paulistanos entenderam a intenção da APAS

A notícia é da Folha de São Paulo (a íntegra é restrita a assinantes, e está AQUI):

Os supermercados deveriam voltar a distribuir gratuitamente as sacolas plásticas para o transporte de mercadorias, na avaliação de 69% dos consumidores.
É o que mostra pesquisa realizada pelo Datafolha nos dias 2 e 3 com 612 entrevistados na capital paulista.
[…] Em janeiro deste ano, 57% dos paulistanos informaram ser a favor do fim da distribuição das sacolas. Na ocasião, foram 1.090 entrevistados nos dias 26 e 27 de janeiro.
[…] Quatro em cada dez entrevistados já desistiram de fazer compras por não dispor de sacolas plásticas para o transporte. Dos que desistiram, 23% disseram que a decisão ocorreu no caixa, na hora de pagar as compras.
“As pessoas só sentiram ‘na pele’ o que é ficar sem a sacolinha agora. Na primeira pesquisa, o tema estava mais recente”
, diz Marlene Treuk, gerente de pesquisas de mercado do Datafolha.
[…] No levantamento, 43% dos entrevistados apontam o interesse econômico como principal motivo para o fim da distribuição gratuita das sacolinhas. Outros 35% acreditam ser por imposição das autoridades. Na opinião de 22%, a decisão está relacionada ao ambiente.
Nove em cada dez entrevistados informaram também desconhecer projetos ambientais desenvolvidos pelos supermercados.
[…] A maioria dos consumidores (75%) afirma não ter percebido diferença de preços nos supermercados após a retirada das sacolinhas. Entre os que notaram alguma mudança, 23% afirmam que houve aumento, e 2%, redução. Em relação às sacolas retornáveis e “ecobags”, 73% dos consumidores informaram ser contra a cobrança.

Basicamente, a APAS quebrou a cara.
Eu posso dizer que alguns supermercados já me perderam como cliente. Coisa simples: se chego ao caixa e não tenho como carregar minhas compras, deixo tudo lá, chego em casa e compro via internet.
Engraçado que quando recebo a entrega da minha compra no Pão-de-Açúcar delivery, recebo vários sacos plásticos BEM MAIS GROSSOS do que as sacolinhas de plástico tradicionais.
O que o Pão-de-Açúcar está dizendo com isso?
Que quando o consumidor tem que carregar as compras, aí a “sustentabilidade” é relevante; por outro lado, quando o Pão-de-Açúcar tem que carregar as mesmas compras, aí foda-se o meio ambiente – afinal, as sacolas plásticas são mais práticas, baratas e higiênicas do que as demais alternativas.
A síntese da pesquisa do DataFolha segue na figura abaixo (clique para ampliar):

Após protocolar uma reclamação junto ao SAC do Zaffari, recebi uma ligação de um funcionário extremamente educado, prestativo etc. Expus a ele o quão burra e hipócrita é esta campanha descabida da APAS, e reclamei porque o Zaffari havia decidido, a princípio, NÃO aderir à babaquice.
Mudou de idéia.
E eu mudei de supermercado.
Mas, na ligação, afirmei que o supermercado que tiver a CORAGEM de priorizar a preocupação com o cliente e voltar a oferecer sacolinhas para seus clientes vai ter uma excelente oportunidade de diferenciar-se.
A pesquisa do DataFolha apenas reforça o que eu sempre disse aqui no blog (ver os posts com o marcador APAS).

Comentários

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s