Abaixo à hipocrisia e à burrice da APAS (4)

Antes de mais nada, peço ao leitor que veja este vídeo (é curtinho!):

Agora, vou transcrever um trecho de uma matéria (por sinal, muito superficial) que a Folha publicou (cuja íntegra está AQUI):

Por que a Apas vai banir as sacolas plásticas descartáveis dos supermercados?
João Galassi – É demanda da sociedade. Queremos substituir sacolas descartáveis por reutilizáveis. A questão é de mudança de hábito e adequação ao uso de alternativas, como caixas de papelão, carrinhos de feira etc.

A sacola biodegradável custa R$ 0,19. Por que o supermercado não banca a despesa?
Galassi – O ponto é a descartável por uma reutilizável. A de R$ 0,19 é um paliativo em um momento transitório.

Folha – Quanto os supermercados economizarão?
Galassi – Toda a cadeia tem economia. Em São Paulo, será de R$ 200 milhões ao ano, pois 6,6 bilhões de sacolas deixarão de ser produzidas. A sacola de R$ 0,19 será revendida sem nenhuma rentabilidade, com margem zero.

Percebe-se que o Sr. João Galassi, além de expressar-se com uma clareza ímpar, também tem o hábito de mentir.

Primeira coisa: DEMANDA DA SOCIEDADE?????
AONDE????
Como foi que ele chegou a esta conclusão?
Se tem alguém que NÃO foi consultado sobre esta iniciativa hipócrita da APAS foi justamente o consumidor!
Segunda coisa: ele esquivou-se de responder por que os supermercados não arcarão com o custo da tal “sacola biodegradável”. Por quê?
Simples: porque esta campanha hipócrita nada é senão um subterfúgio estúpido para aumentar a margem dos supermercados, ao excluir um custo – as atuais sacolinhas plásticas.
Terceira: ele não soube responder por que o consumidor não perceberá redução nos preços dos itens adquiridos nos supermercados, apenas e tão somente porque esta redução jamais virá.
Dizer que vão investir em “programas de sustentabilidade” significa, em português claro, o seguinte: investirão uns R$ 5 milhões no primeiro ano, apenas em propaganda e comunicação para tentar enganar alguns tolos, fazendo-os acreditar que a APAS e os supermercados estão preocupados com o meio ambiente. O resto, vai servir para aumentar a rentabilidade dos supermercados (nada contra), em detrimento da comodidade e preocupação com o cliente (TUDO CONTRA!).
Trocando em miúdos, o que a APAS está propondo como “solução” para tirar o planeta do sufoco e garantir a “sustentabilidade” é uma ação na qual os supermercados entram com o pé, e os consumidores, com a bunda.


PS – Este vídeo, abaixo, a despeito de conter erros nos cálculos, resume bem o que REALMENTE é relevante nesta campanha que a APAS, hipocritamente, está chamando de “Vamos tirar o planeta do sufoco”:



Comentários

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s