Bolsa-família e o PIB

Nota rápida (publicada pelo Valor Econômico, aqui):

De 2003 a 2006, o Bolsa Família contribuiu para reduzir as desigualdades de renda entre as regiões do país e entre os indivíduos, mas teve um pequeno efeito negativo sobre o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) – considerando que os recursos para o programa vieram da redução de outras despesas correntes da União. O impacto negativo sobre o PIB brasileiro foi de 0,48 ponto percentual em quatro anos, o equivalente a 0,12 ponto percentual ao ano, segundo o professor Carlos Roberto Azzoni, da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA-USP). No caso do Nordeste, porém, a expansão da economia foi beneficiada em 4,6 pontos percentuais de 2003 a 2006, uma média anual de 1,1 ponto. As regiões Sudeste e Centro-Oeste é que jogaram o resultado nacional para o terreno negativo.

Pois é……..

O PT e Rei Lulla falam tanto do Bolsa-Família……… (inclusive mentem, quando dizem que “criaram” o programa: ele foi criado pelo FHC, com o nome de “Bolsa-Escola”).

Comentários

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s